10 de maio, 2024 10h05m DIÁRIAS por Redação Integrada Rádio Cidade de Ibirubá e Jornal O Alto Jacuí

Soma de gastos em diárias na Câmara de Vereadores de Ibirubá atinge R$ 721 mil

Com orçamento cada vez maior, fruto da arrecadação tributária do município, Câmara aumenta gastos e acende alerta

Lorena Couto Metz (MDB), gastou  R$ 121.025,26  em  diárias durante o seu mandato
Lorena Couto Metz (MDB), gastou R$ 121.025,26 em diárias durante o seu mandato

O custo total das diárias dos vereadores e vereadores suplentes na atual legislatura da Câmara de Vereadores  até o dia 30/04/2024 passa de 700 mil reais.

O interesse público sobre o custo de cada vereador dentro do poder legislativo levou a reportagem do OAJ para dentro dos gastos da Câmara de Vereadores de Ibirubá. Os números têm surpreendido  e instigado a imprensa a buscar cada vez mais transparência e responsabilidade no uso dos recursos públicos. Na edição de 26 de abril revelamos que a participação de seis vereadores em uma marcha em Brasília representou um custo exorbitante de mais de R$ 50 mil para os cofres municipais. Na semana passada, descortinamos o panorama alarmante de que a atual legislatura (2021/2024) já gastou mais de um milhão  de reais a mais que a anterior, sem sequer considerar os gastos de 2024.
Hoje, mergulhamos em uma análise mais detalhada dos gastos individuais de cada vereador, visando entender e refletir sobre como parar esse aumento desenfreado nos dispêndios do poder legislativo, que, apesar de devolver parte dos recursos ao executivo, ainda prevê um orçamento excedente de mais de R$ 4 milhões para o ano de 2024, conforme dados do Portal da Transparência. Uma lista ajuda a visualizar de forma clara quanto cada vereador pegou em diárias.


Ranking de gastos com diárias na Câmara de Vereadores de Ibirubá
- Legislatura 2021/2024 - Dados até 30/04/2024

Publicidade


1º - Lorena Couto Metz (MDB): R$ 121.025,26
2º - Jussara Rodrigues (PT): R$ 101.188,12
3º - Zalo Bueno (PP): 
R$ 90.425,19
4º - Dileta Chagas (PP): 
R$ 86.030,06
5º - Gustavo Schroeder (REP): R$ 80.667,78
6º - Vagner Oliveira (PL): R$ 50.434,32
7º - Gesmari Jandrey (PP): R$ 34.995,08
8º - Jaqueline Winsch (PL): R$ 30.512,52
9º - Maria Ilani Henkes (MDB): R$ 29.459,76
10º - Patrícia Sandri (União): R$ 23.373,68
11º - Gabriel de Jesus (PL): R$ 21.426,20

Vereadores Suplentes:

12º - Marçal Jacobi (PL): R$ 16.642,17
13º - Eduardo Artmann (PL): R$ 12.119,00
14º - Rosemeri Hammarstrom (MDB): 
R$ 10.557,99
15º - Rudinéia Cervieri (REP): R$ 7.467,68
16º - Valdemar Maciel (REP): R$ 4.022,56
17º - Nelson Kunz (PL): 
R$ 346,00
Esses números revelam uma realidade preocupante. Enquanto a população enfrenta desafios diários e todos os anos  demandas por serviços básicos eficientes, é inacreditável que os representantes eleitos apresentem gastos tão elevados em diárias, que atingem a cifra de R$ 721 mil.
O salário de cada vereador em Ibirubá é R$ 6.736,40 mensal. O vereador que ocupa a presidência do Poder Legislativo recebe o salário mais adicional de verba de representação no valor de R$ 3.368,20, totalizando R$ 10.104,60 bruto, sem contar os descontos. 

Publicidade

Notícias relacionadas

Imprensa arrecada mais de R$ 5 mil e se engaja em novo projeto

A conta para receber as doações foi aberta e o pix é demaosdadaspelors@gmail.

27 de maio, 2024

Publicidade

Banca Virtual Edição Digital

Principais categorias