08 de julho, 2024 14h07m Báu do Esporte por Redação Integrada Rádio Cidade de Ibirubá e Jornal O Alto Jacuí

Professor Heitor Brackmann reflete sobre carreira e contribuições ao esporte em Ibirubá

Uma história incrível de vida de um ser humano apaixonado por todas as modalidades do esporte

O Baú do Esporte não apenas trouxe à tona as memórias de um professor dedicado, mas também destacou a importância do esporte e da educação física na formação de jovens. Heitor Brackmann, com sua trajetória exemplar, continua sendo uma inspiração para muitos em Ibirubá e além.

No Baú do Esporte um convidado especial e muito aguardado contou a sua história: o professor Heitor Brackmann. Conhecido por evitar os meios digitais, Brackmann não possui redes sociais e nem WhatsApp, preferindo uma vida analógica e saudável. Esta entrevista foi uma rara oportunidade para muitos de seus ex-alunos e admiradores ouvirem suas histórias. "É uma honra estar aqui hoje. Fui professor de muitos ouvintes e sei que muitos aguardavam esta entrevista," disse Heitor Brackmann ao iniciar sua participação no programa.
Heitor Brackmann, natural de Montenegro, compartilhou suas memórias de infância em uma pequena aldeia, onde o esporte sempre foi uma constante. "Não tínhamos televisão ou celulares. O que fazíamos era jogar futebol. Até aos 10 anos, eu já era titular do time da comunidade," lembrou.

Trajetória esportiva e educacional
Sua trajetória no esporte continuou no colégio interno em São Leopoldo, onde a prática esportiva se tornou mais intensa. "Lá, praticávamos várias modalidades, como basquete, vôlei, salto em altura e distância," disse. Brackmann destacou a importância do professor Vick, seu mentor em Ijuí, que o inspirou a seguir na educação física.

Conquistas no atletismo
Heitor destacou suas conquistas no atletismo, participando de competições em várias cidades e obtendo excelentes resultados. "Participei dos jogos intermunicipais e universitários, sempre me destacando nos 100 metros e outras provas," contou. Ele mencionou eventos específicos, como sua vitória nos 100 metros em São Leopoldo, onde alcançou um tempo de 10,9 segundos, um feito notável na época.
Passagem pela Faculdade e competição universitária
Brackmann também falou sobre sua passagem pela faculdade de Passo Fundo, onde competiu e venceu diversas provas. "Participei dos Jogos Universitários Brasileiros em Rio Grande, onde tirei primeiro lugar nos 100 metros, segundo no revezamento e terceiro nos 200 metros," relatou. Ele lembrou com carinho dos jogos de Primavera e das competições estaduais, destacando seu envolvimento ativo em várias modalidades esportivas.

Publicidade

Contribuições em Ibirubá
Ao se mudar para Ibirubá, Brackmann trouxe consigo sua paixão pelo esporte. "Comecei a trabalhar no Ginásio General Osório e no Colégio Sinodal. Não havia infraestrutura, mas aos poucos conseguimos melhorar," relatou. Ele falou sobre sua experiência como preparador físico do Juventude de Ibirubá e seu envolvimento com a ASIF, onde ajudou a equipe a se tornar vice-campeã estadual.

Desafios na infraestrutura
"Quando comecei a dar aulas, não havia bolas, quadras adequadas ou equipamentos. Tivemos que improvisar e fazer o melhor com o que tínhamos," explicou Brackmann. Ele destacou a construção da praça e das quadras, que foram essenciais para o desenvolvimento do esporte na região.
Participação no futebol e futsal
Heitor também lembrou de suas participações no futebol e futsal. "Joguei duas partidas pelo Juventude de Ibirubá e até fiz um gol como centroavante. Era uma época de muito esforço e dedicação," disse, sorrindo. Ele também mencionou seu envolvimento com o time de futsal do Colégio Sinodal, onde organizou torneios e competições memoráveis.

Histórias memoráveis
Uma das histórias mais marcantes que Brackmann compartilhou foi sobre a inauguração da quadra do Esporte Clube Ijuí, onde seu time de futsal foi invencível. "Ninguém ganhava de nós. Era uma equipe muito forte e unida," recordou. Ele também mencionou um jogo inesquecível contra uma equipe mista de jogadores do Grêmio e do Internacional, incluindo estrelas como Everaldo e Loivo, onde, apesar da derrota, a experiência foi inesquecível.
Legado e Reconhecimento
Amigas do Vôlei
Heitor também falou sobre sua experiência com as "Amigas do Vôlei," um grupo que ele treinou e que ainda se mantém ativo. "Levei as Amigas do Vôlei para competições em todo o estado, e até hoje elas continuam jogando," disse com orgulho. Ele mencionou nomes como Úrsula, Nelva e Margarida, que foram grandes jogadoras e contribuíram para o sucesso do time.

Reconhecimento pela Câmara de Vereadores
Em 2021, Heitor Brackmann foi reconhecido pela Câmara de Vereadores de Ibirubá por suas contribuições ao esporte e à comunidade. "Foi um momento emocionante. Ver o reconhecimento do meu trabalho e a continuidade das equipes e atletas que treinei é muito gratificante," afirmou.
Comentários e apoio dos ouvintes
Durante a entrevista, muitos ouvintes enviaram mensagens de carinho e reconhecimento. "É gratificante ver tantos ex-alunos e colegas lembrando com carinho das aulas e competições. Isso mostra que todo o esforço valeu a pena," disse Brackmann emocionado.
Ao longo da entrevista, Brackmann compartilhou diversas fotos e recortes de jornal, relembrando momentos importantes de sua carreira e das competições que participou e organizou. "Cada foto, cada recorte, traz uma memória especial. É uma honra ter contribuído para o esporte em Ibirubá," concluiu.
A entrevista completa de Heitor Brackmann pode ser acessada no canal do Youtube do Jornal O Alto Jacuí.

Publicidade

Notícias relacionadas

Mais de 6 toneladas de sobrepeso eliminadas em 5 anos pela Magrass em Ibirubá

Além dos tratamentos estéticos, a Magrass oferece uma linha de nutracêuticos e alimentos saudáveis para complementar o processo de emagrecimento.

15 de julho, 2024

Publicidade

Banca Virtual Edição Digital

Principais categorias