26 de abril, 2024 09h04m DIÁRIAS por Redação Integrada Rádio Cidade de Ibirubá e Jornal O Alto Jacuí

Legislativo de Ibirubá gasta mais de R$ 50 mil para levar seis vereadores para participar da Marcha para Brasília

Vereadores foram de carro particular ressarcido para Porto Alegre e embolsaram 5,3 mil cada um de diárias para 5 dias em Brasília

A ida de seis vereadores de Ibirubá para a XXIII Marcha dos Legislativos em Brasília gerou polêmica devido aos altos gastos públicos envolvidos. Enquanto a transmissão ao vivo das sessões do legislativo foi interrompida com o argumento de economia, os vereadores desfrutaram de diárias, passagens aéreas e inscrições custeadas pelos cofres públicos. O evento, promovido pela União de Vereadores do Brasil (UVB), aborda temas como desenvolvimento sustentável, gestão pública e legislação eleitoral. O investimento gerou críticas, destacando a discrepância entre os gastos e a realidade financeira do município.

A participação de seis vereadores de Ibirubá em uma marcha em Brasília nesta semana levanta questões sobre o uso de recursos públicos. Enquanto as sessões legislativas locais não são transmitidas por economia de gastos, a viagem para a capital federal foi marcada por despesas consideráveis.
A saída dos vereadores ocorreu em dois carros particulares, com um ressarcimento de R$ 812,00 para cada veículo que os levou os parlamentares até Porto Alegre, onde embarcaram para Brasília. A passagem aérea de ida e volta custou R$ 2.254,00 para cada vereador, além de uma diária de R$ 5.373,33 para os cinco dias na capital federal. Cada um gastou R$ 660,00 pela inscrição no curso oferecido durante a marcha. Os gastos totais incluíram R$ 1.624,00 para os dois carros, R$ 3.960,00 para as inscrições na marcha, R$ 32.232,98 em diárias e R$ 13.529,94 em passagens aéreas, totalizando R$ 51.344,92. Os dados estão no Portal da Transparência.
A justificativa para os altos custos está relacionada ao tema da marcha, que abordou questões como desenvolvimento sustentável, inovação na gestão pública e políticas municipais, além de legislação eleitoral, comunicação com ferramentas de mandato e outros assuntos relevantes para o cenário político atual.
Porém, ao analisar a programação do evento, é inevitável notar que alguns elementos parecem mais um encontro de confraternização do que uma oportunidade de aprendizado e discussão sobre temas relevantes para a sociedade.
Por enquanto, o que se espera é que a participação dos vereadores nesses eventos resulte em conhecimento e ações que contribuam efetivamente para o desenvolvimento do município, justificando assim os investimentos realizados.
Enquanto isso, a população segue atenta e vigilante, cobrando ações que promovam o bem-estar coletivo e o uso responsável dos recursos públicos.
 

Publicidade

Notícias relacionadas

Live solidária de Fernando & Banda arrecada mais de R$ 25 mil

De Mãos Dadas pelo Rio Grande mostrou mais uma vez a capacidade de mobilização e de solidariedade em favor daqueles que perderam tudo nas enchentes

07 de junho, 2024

Publicidade

Banca Virtual Edição Digital

Principais categorias