27 de maio, 2024 09h05m Coluna Agro por Redação Integrada Rádio Cidade de Ibirubá e Jornal O Alto Jacuí

Outono de 2024

Esta estação do clima, que se iniciou em 21 de Março e se estende até o dia 21 de Junho deste ano, está sendo marcado por períodos intensos de muita chuva.

Esta estação do clima, que se iniciou em 21 de Março e se estende até o dia 21 de Junho deste ano, está sendo marcado por períodos intensos de muita chuva.
Neste período, na Estação Climática Hiperlocal da FieldPro, que gerimos e está instalada no interior do nosso município de Ibirubá-RS, registrou 699,9 mm de chuva (até 23/05 as 08:00). Volume de chuva que corresponde a mais de 1/3 das chuvas esperada em todo ano em nosso município, que se concentraram em apenas 2 meses desta estação.
Precipitação acumulada desde o inicio do ano, que já totaliza 1353 mm, volume que já ultrapassa todo registro de chuva que tivemos em 2021, que foi de 1340,50 mm.
Porém, podemos destacar que este grande volume de chuva, tem sua consequência relacionada ao Fenômeno Climático El Niño, que foi classificado como o Super El Niño, devido aos picos históricos de temperaturas no Pacífico Equatorial. Apesar de muitos meteorologistas não entenderem que esses picos como um episódio de Super El Niño.
Por várias inserções nos meios de comunicação local que fizemos desde o final do ano passado, alertávamos que sim, poderíamos ter episódios catastróficos como em 1941, onde foi registrada a maior enchente do nosso Estado, até então, superada pelas enchentes deste ano, 83 anos depois. Ainda, neste mesmo ano, tivemos um inverno e inicio de primavera bem específicos também, inclusive com o registro de uma das maiores nevascas da história. Fato, que sim, pode voltar a ocorrer, pois entramos em um período de neutralidade entre os fenômenos, que está migrando para o resfriamento das águas no Pacífico Equatorial, e que trará consigo, a partir do inicio do inverno uma redução bem relevante nos volumes de chuva na região Sul do Brasil.
Segundo projeções dos modelos meteorológicos dos principais centros de estudos de clima mundial, o resfriamento das águas é contínuo crescente e o pico se dará entre os meses de Outubro, Novembro e Dezembro deste ano, resultando em um período de seca bem definido para nós Gaúchos.
Fica nosso alerta aos produtores rurais, para buscarem desde agora, mecanismos de proteção para suas lavouras, pois teremos sim, nova frustração de safra verão que, somada a esta “em ser”, pode totalizar 4 frustrações de clima e 1 frustração de clima e preço.
Segundo a Emater, a Safra Gaúcha de Soja, alcançou um percentual de 85% de área colhida e, com todo esse volume de chuva que a oleaginosa recebeu nestes últimos 30 dias, a qualidade do produto reduziu de forma bem significativa, derrubando o preço pago ao produtor e ainda, impedindo a colheita de muitas lavouras, tornando-se inviável e impossível a entrada de máquinas em algumas áreas. Estima-se que somente esta pequena fatia (que muito representa), pode impactar com uma receita geral - somente com a cultura da Soja - um total de 9,6 bilhões de reais.
Com tudo, espera-se um ano muito favorável ao cultivo do Trigo, visto que teremos uma redução significativa das chuvas no período ideal da janela de plantio deste cereal, e se conseguirmos escapar das geadas tardias de setembro, certamente teremos um ano de boas produções desta cultura, com a continuidade das baixas precipitações. Deixamos aqui nossa dica, para que com o investimento no cultivo de inverno, pode-se minimizar um pouco, as perdas sofridas na safra de Soja deste ano. Os preços não serão altos, mas com uma produtividade elevada, podemos agregar nosso fluxo de caixa, em um período de poucas rendas.
Ficamos aqui, desejando a todos uma boa leitura e até a próxima.
 

Publicidade

Notícias relacionadas

Gabriel de Jesus comenta sua saída do Republicanos e o horizonte político em 2024

"Sempre uma troca de partido é uma questão difícil. Tomei a decisão nos 48 do segundo tempo," disse Gabriel.

17 de maio, 2024

Giovani Diesel deixa secretaria de saúde de Ibirubá para se preparar para pleito eleitoral de 2024

Entrevista concedida à Rádio Cidade 104.9 ele relata como foi a sua permanência junto a secretaria

15 de abril, 2024

Coxilha recebe primeira reunião e Coprel na Escola de 2024

Nos dias 3 e 4 de abril, a Coprel realizou os primeiros eventos nos municípios da área de atuação de 2024 em Coxilha, com duas edições do Coprel na Escola e a reunião com os cooperantes.

08 de abril, 2024

Publicidade

Banca Virtual Edição Digital

Principais categorias