Produtores investem na produção pitaya e fruto vira principal fonte de renda

Especialista aponta que para quem busca uma vida mais saudável, a fruta concentra substâncias benéficas para a saúde

Em uma propriedade em São Miguel do Oeste, a plantação, é de uma fruta pouco conhecida em nossa região, mas que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado Brasileiro, e mesmo com o alto valor de mercado, a procura é crescente. 

Há seis anos o casal Cláudio dos Santos e sua esposa, que já produziam figo e limão na propriedade, decidiram plantar algo diferente, foi quando conheceram a pitaya, também conhecida como fruta-do-dragão, é um fruto de várias espécies de cactos, nativos da América Central e México. Hoje a fruta é principal fonte de renda da família pois encontram na atividade um meio lucrativo e que para eles é tido como prazeroso pela beleza da planta e gostosura dos frutos e suas lindas flores, apesar de elas só abrirem a noite

Para quem busca uma vida mais saudável, a fruta concentra substâncias benéficas para a saúde.

Segundo a nutricionista Kerlyn M.A. Zanon, o consumo de pitaya ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue e por isso é indicada para diabéticos, auxilia no intestino por ser um alimento rico em fibras, ajuda na saciedade conseguindo controlar o apetite e ajuda na eliminação de gorduras no corpo.

As sementes da pitaya são ricas em ácido linoleico (gorduras boas) que é um suave laxante e que reduz os níveis de colesterol e LDL. 

Tanto a polpa quanto a casca da pitaya são ricas em polifenóis que tem ação antioxidante e contribui no combate de radicais livres, além disso, a casca possui um fitoquímico que impede o crescimento de células que podem causar o câncer. A fruta contribui ainda para uma boa hidratação da pele e ajuda prevenir o envelhecimento das células. A polpa da pitaya pode ser utilizada também em saladas, sucos ou vitaminas, geleias, sorvetes e doces.

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *