Por que a dança é tão importante para o corpo e para a mente?

Corpo e mente caminham juntos, isso a gente já sabe. Foi-se o tempo em que se realizava apenas exercícios para a manutenção corpo. Agora a busca é também pelo equilíbrio da mente pois o exercício regular pode ter um impacto profundamente positivo na depressão, na ansiedade, no Transtorno de Déficit de Atenção, Hiperatividade, autoestima e entre outros.

A professora Giovana Matos da Silva nos fez um apanhado de informações sobre uma modalidade que vem ganhando espaço quando falamos em saúde e bem-estar: a dança. Confira!

  • Importância de uma atividade física no dia a dia

O nosso corpo é uma máquina perfeita, mas que necessita de todo o cuidado para um bom funcionamento do organismo, se exercitar vai melhorar muito sua qualidade de vida, vai prevenir várias doenças bem como melhor a saúde física e emocional. Ao se exercitar o corpo vai sofrer algumas alterações que vão além da aparência física, desde regular o corpo nas suas funções, como na melhora de sono, na redução do estresse do dia a dia, no aumento da disposição e resistência física, contribuindo para o emagrecimento ou controle do peso ideal e melhorando muito a autoestima principalmente da mulher.

  • Diferencial das aulas com a dança

Como meu foco são mulheres vou me deter a esse público, mas lembrando que a dança é para todos. O diferencial é que a dança tem uma mistura de movimento com sentimentos, sim além de você se exercitar, mexer o corpo você trabalha muito o inconsciente, através da música você consegue sentir algo que talvez não sinta em outras atividades, ela te leva a emoções, a lembranças, a sensações, você consegue se conhecer melhor tanto físico quanto emocional. Aprendendo a enfrentar obstáculos que a vida possa te trazer. Porque a dança te desafia a melhor cada movimento, em uma aula de dança você trabalha teu corpo por completo, ou seja, corpo e mente. Como é uma aula coletiva você irá dar e receber energia, aumentando sua convivência social fazendo grandes amizades.

  • Como a dança transforma vidas

Só acontece quando a mulher se permite a dançar, se permite a ter a dança como um estilo de vida, se permite a amar cada movimento do seu corpo, sim porque a dança não precisa ser perfeita ela precisa ser verdadeira, ela precisa ser sentida. Quando uma mulher decide dançar ela aprende a se amar porque ela aprende a se olhar, a admirar seu corpo como ele é, com suas imperfeições e isso é tão gratificante, poder permitir se ser quem você quer ser. Com a dança a mulher percebe o poder que é ser mulher, ela faz você se sentir feminina, aumentando a autoestima, sentindo se viva e forte.

  • Cuidar da mente e do corpo

É preciso cuidar do seu corpo de dentro para fora, primeiro seu emocional e consequentemente seu físico melhora. Aprenda antes de tudo a se amar, quando você se ama você cuida do seu corpo porque sem ele você não existe, então aprende que é preciso respeitar, cuidar e amar muito seu corpo.

  • Recado final

Se você mulher que ainda não se permite a dançar, a conhecer esse estilo de vida, não demora muito não, o seu corpo e quando digo corpo não é só físico, merece todo o cuidado e amor pois é ele que te matem viva. De valor a sua vida, se você não consegue sozinha deixa eu te ajudar, através da dança você irá perceber a mulher linda e empoderada que existe aí dentro. A DANÇA QUER TRANSFORMAR A SUA VIDA, PERMITA-SE.

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *