Polícia Civil dará continuidade às investigações na CPI dos Medicamentos

A CPI que investiga o aumento dos preços dos medicamentos no período da Pandemia e tem como vice-presidente o Deputado Estadual Clair Kuhn (MDB), se encaminha para os relatórios finais. Desde que as investigações foram instauradas, mais de 120 representantes de hospitais foram ouvidos, de forma online e presencial, relatando o aumento abusivo dos preços. Segundo Clair, muitos destacaram as mesmas situações, o desespero em ter medicamentos para somente três horas de tratamento de pacientes na UTI. Além dos hospitais, fabricantes e distribuidoras também serão ouvidas, além da Anvisa. “As fabricantes foram categóricas em colocar que venderam conforme o regulamento do governo. Estamos esperando os valores de quantidades produzidas e a justificativa do porque faltou medicamentos”, explicou Clair. A busca pelas provas e investigações ficará a cargo do Ministério Público e da Polícia Civil. 

Privatização da Corsan 

Aprovada na Assembleia Legislativa, a privatização da Corsan também está entre as pautas discutidas pelo Deputado, que aprova a mudança, tendo em vista a regionalização que engloba os municípios. Clair trabalha com uma proposta na Assembleia, que estuda as bacias hidrográficas e o poder dos municípios dentro dela. “Temos que trabalhar o saneamento nas regiões que têm maior dificuldade. As bacias hidrográficas trabalham com técnicos, ciência, com uma realidade hídrica e social”, afirmou. Representante da região no legislativo, Clair também acompanha a proposta que envolve os açudes nos municípios para ampliação de criação de peixes, assim como o avanço das obras na rodovia 506.

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *