Cidades Inteligentes

Prof Jocelito André Salvador, Founder e CEO da Conducere Inteligência Corporativa. Mentor e assessor de Smart Business.

As necessidades de adaptação do que conhecemos hoje, do que precisamos aprender e do que necessitamos aprender e ainda não sabemos que vamos necessitar é algo que não tem volta na nossa era. A Era do Conhecimento.

Vamos pegar outro exemplo?

Como você se relacionava com o seu banco há 10 anos? Como se relaciona hoje? Com quantas pessoas, hoje, você efetivamente interage ao ir ao seu banco? Melhor, muitas vezes sequer você vai ao banco para fazer o que necessita, não é mesmo?

Ibirubá registra primeiro feminicídio do ano

A questão é que com o avanço da IA (Inteligência Artificial) e outras tecnologias, como a internet móvel de alta velocidade, a sua forma de trabalhar, de se relacionar com as pessoas, fazer suas compras e “ir ao banco” vai mudar MUITO ainda.

Assim, a decisão é simples, não necessariamente fácil: Ibirubá e região se adaptam às novas demandas mundiais ou será uma “região fantasma” em poucos anos.

Isto quer dizer que esta região tem que fazer o seu tema de casa, ou seja, o que cidades como Florianópolis e Bento Gonçalves já estão fazendo há algum tempo. Não é a toa que no mês de novembro deste ano Floripa sediou o 12º. KCWS (Knowledge Cities World Summit).

Este nome que parece um palavrão quer dizer apenas que foi uma conferência mundial para tratar das cidades inteligentemente sustentáveis, ou seja, baseadas no conhecimento das pessoas e no uso das tecnologias mais avançadas. Inclusive Bento Gonçalves ganhou um prêmio internacional nesta edição.

Ocorre que todo este discurso tem um objetivo claro: fazer com que você saiba que o futuro lhe apresentará inúmeras oportunidades. Porém, cada um necessita fazer o seu papel para que as pessoas e o meio ambiente não sejam simplesmente utilizados como “recursos” em nome de um tal de progresso, que já se demonstrou não ser sustentável. Ao menos da forma como viemos conduzindo nossas ações nas últimas décadas.

Vamos falar mais a respeito disto!

Até logo!

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *