Vence Tudo perde seu fundador

A comunidade ibirubense, a indústria metalmecânica e a agricultura receberam uma triste notícia na quinta-feira, dia 04 de fevereiro de 2021. O falecimento de uma das suas principais personalidades: Nelson Lauxen. O agricultor e fundador da Indústria de Implementos Agrícolas Vence Tudo, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 21 de janeiro e desde então esteve internado no Hospital de Clínicas de Passo Fundo/RS, onde faleceu. Os atos fúnebres foram realizados na Casa Mortuária e o sepultamento aconteceu no cemitério de Alfredo Brenner.

A trajetória de um inventor e empreendedor

Foi com o dom de criar e dar forma a peças que Nelson Lauxen, natural de Ibirubá/RS, transformou a realidade dos agricultores e também a sua própria vida. O engenhoso fundador da Indústria de Implementos Agrícolas Vence Tudo sempre carregou com orgulho a história da empresa, que iniciou em 1964 e hoje se destaca no mercado mundial.

Terceiro dos 12 filhos do casal Fridolino e Maria Lauxen, desde jovem Nelson usou seu dom de inventar aparelhos para facilitar a rotina de casa. No tempo de escola, Nelson já se destacava pela criatividade, pois produzia carrinhos de lomba e outros brinquedos da época. Também fabricou sua própria roda d’água, um moedor de cana e uma trilhadeira para a lavoura de soja.

Aos 18 anos, após a dispensa do Serviço Militar, Nelson começou a trabalhar em granjas. Durante três anos permaneceu na propriedade de João Eidt, em Ibirubá, e mais tarde foi com um dos seus irmãos trabalhar em uma granja de Cruz Alta/RS. Todas as semanas voltavam de bicicleta para Alfredo Brenner, distrito no interior de Ibirubá, até que mais tarde, com as economias, compraram o primeiro veículo, um Jipe DKV.

A vontade de crescer fez com que em 1964 eles trocassem o veículo pela carpintaria de um vizinho, o Sr. Pilger, em Alfredo Brenner. No local eram produzidos e comercializados diferentes produtos, como móveis, aberturas, rodas d’água e carroças. O negócio se expandiu e vieram os primeiros equipamentos agrícolas: a plantadeira de duas linhas para milho, três linhas com uma para soja e depois a de quatro linhas. Em 1967, Nelson comprou a parte do irmão na carpintaria.

Em 1965, Nelson casou com Osmilda Brignoni e dessa união nasceram três filhos: Marcos, Mara Cristina e Marciano. Devido a complicações no parto, Osmilda faleceu no nascimento do terceiro filho. Em 1981, casou-se com Loiva Krammes, mais tarde a família aumentou com o nascimento de Marla e Juliano. Os filhos sempre tiveram o lugar deles dentro da indústria, desde pequenos já ouviam o barulho das máquinas, e assim ensinou-os o trabalho com honestidade.

Além de administrar a fábrica, Nelson também era o engenheiro das máquinas, ouvindo as necessidades do produtor e desenvolvendo soluções para as mesmas, ajudando assim a aumentar a renda e a produção de alimentos.

Durante toda a sua vida desfrutou de um vasto círculo de amigos, sejam eles oriundos das tantas comunidades e entidades que sempre participou ativamente, do convívio alegre em eventos, ou através do seu trabalho, onde além de gerar muitos empregos ensinou muitas pessoas uma profissão, gerando assim a gratidão de muitos profissionais de Ibirubá e de toda a região.

Nelson deixa enlutada a esposa Loiva, os filhos Marcos, Mara, Marciano, Marla e Juliano, os netos Israel, Daphyne, Enzo, Richard, Jonatan, Caetano, Antonella, Matheus, Érica e Arthur, noras, genro, demais familiares e muitos, muitos amigos e admiradores do seu legado, que para sempre será lembrado.

Município decreta Luto Oficial por três dias 

A Prefeitura Municipal de Ibirubá decretou luto de três dias em decorrência da morte do fundador de uma das principais fontes econômicas do município. “Seu Nelson Lauxen foi um homem de criatividade, um visionário que revolucionou a indústria em Ibirubá, alavancou o município com seu arrojo e empreendedorismo, participou da vida de muitas pessoas e famílias e levou o nome de Ibirubá para além fronteiras junto de seus produtos inovadores, DEIXA UM LEGADO!”, divulgou a administração. 

Indutar presta homenagem a Nelson Lauxen

Em gesto de respeito, bandeiras ficaram a meio mastro na sede da empresa

“Nós da INDUTAR TECNO METAL queremos prestar nossa solidariedade a família Vence Tudo pela perda do seu fundador Nelson Lauxen, e também demonstrar nosso reconhecimento pelo pioneirismo no setor metal-mecânico. Em respeito ao seu falecimento, nossas bandeiras hoje ficam em meio-mastro.”

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *