Conecte-se Conosco
some text

Notícias Gerais

Projeto Parque Ecológico Araucária foi explanado em Audiência Pública

Postado

em

A Administração Municipal de Ibirubá conversou com os moradores do bairro Esperança no dia 22/10 à noite, na Câmara de Vereadores. Na pauta principal, a explanação de um parque ecológico junto ao bairro, que também conterá uma praça de lazer.

Dentre as ações e obras do Programa Pra Frente Ibirubá, lançado pela Administração Municipal em setembro passado, consta a criação do Parque Ecológico Araucária, numa área de propriedade do Município junto ao bairro Esperança. O nome Araucária se deve à quantidade expressiva de árvores araucárias no local, espécie ameaçada de extinção.

O servidor Ricardo Forgerini, responsável pela organização do projeto do Parque, que também é morador do bairro, explanou aos moradores e demais presentes, trazendo informações sobre o Parque.

Vindo ao encontro de criação do local, a Administração recebeu duas sugestões de projetos, uma para a construção de uma Praça no bairro (pelo arquiteto e urbanista Jean Tiemann) e outro para um Parque Ecológico (pela Rústicos & Cia., a mesma empresa que está realizando o paisagismo da Praça Maria Goreti, ao lado da Secretaria de Saúde). Após as discussões sobre a criação do espaço, a ideia é integrar todos os cenários apresentados num único Projeto Técnico.

Após a apresentação do Projeto, a secretária em exercício de Administração e Planejamento, Carlota Artmann, colocou em discussão e abriu o espaço para as manifestações, esclarecimentos e sugestões dos presentes. Carlota ainda expôs a necessidade de permuta de uma área do Município no bairro por outra, de propriedade particular, que está dentro dos limites do Parque projetado.

Com as explicações, os presentes autorizaram o Município a permutar a área em benefício do Parque. Com o mesmo intuito, o proprietário da área, Paulo Bonfanti, concordou em fazer a permuta, mesmo recebendo um lote de frações menores que o seu. “A ideia do Parque é sensacional. É a única forma de nos beneficiarmos dessa área que é de preservação. Nossa família tem um valor sentimental por esse lugar. Podem contar comigo para fazer a permuta em benefício do Parque, pois todos os moradores serão beneficiados”, falou Bonfanti.

O prefeito Abel Grave falou do interesse e da alegria da Administração Municipal em poder projetar à comunidade mais uma conquista. “Delegamos ao Ricardo e ao grupo a missão para construírem o Projeto, que será realizado em etapas, e num primeiro momento, com recursos do Município. Para o projeto na íntegra, iremos buscar outras possibilidades como recursos do governo federal e oriundos de multas ambientais.

Além do Parque Ecológico, também estamos projetando um Parque de Exposições e Eventos junto à Hípica. Projetamos um trevo de acesso ao bairro e ao Parque, mas a exigência do DAER para a instalação do trevo é inexecutável. Estamos em contato direto com o órgão para encontrarmos uma solução viável, pois acreditamos que a circulação de pessoas será muito maior pela valorização do local com o Parque Ecológico, com o Campus do IFRS e com o Parque de Eventos, além dos moradores da região”, considerou o prefeito Abel.

Ricardo deixou a par que está sendo elaborado um estudo técnico ambiental para justificar o ganho ambiental do local quanto à ampliação da área de 3,62 ha para 4,12 ha, com a permuta realizada das áreas mencionadas. Em paralelo, também está sendo elaborado o Projeto de Lei de Criação do Parque Ecológico Araucária.

Assim que definidas estas questões, licenciamento ambiental e demais trâmites burocráticos, integração dos projetos preliminares da Praça e do Parque e finalizados de acordo com as demandas, será realizada a orçamentação para o processo licitatório de execução.

Outros assuntos relativos ao bairro também foram discutidos, como trevo de acesso, iluminação pública, acostamentos da ERS 824, que dão acesso ao bairro, segurança, entre outras considerações.

Mais informações sobre o Parque na seção de notícias do site da Prefeitura Municipal (www.ibiruba.rs.gov.br).

Objetivos da criação de um Parque Ecológico

Enquanto poder público, o leque de ações a serem realizadas para o benefício da comunidade é bem amplo, vai desde a execução de obras de infraestrutura, educação, segurança, saúde, economia dos negócios empresariais, social, bem-estar, lazer, cultura, turismo, esporte, meio ambiente, enfim, são inúmeros segmentos que precisam ser atendidos, conforme as suas peculiaridades.

O Parque Ecológico vem ao encontro de várias demandas: ambiental, educação, bem-estar, lazer. Acredita-se que a preservação das nascentes e cursos d’água existentes, a proteção da flora e da fauna, o desenvolvimento de atividades de ecoturismo, pesquisa científica, educação e interpretação ambiental, a implantação de espaços e equipamentos de lazer, a recreação e a contemplação promoverão a melhoria da qualidade de vida da comunidade, a cidadania e o bem estar público.

Por que um Parque Ecológico em Ibirubá?

O município de Ibirubá está crescendo em população e com isto, as demandas também aumentam. Atividades de lazer, recreação de qualidade são demandas que estão surgindo, com uma forte tendência por locais de lazer em meio à natureza, característica da própria região do Alto Jacuí.

Outro fator que justifica a criação do local é que as escolas e as próprias pessoas têm se deslocado para outros municípios em busca desse lazer e de atividades diferenciadas.

E ainda, Ibirubá por sua tradição na área de Educação Ambiental, é justificável que se realizem ações educativas e de preservação. O Projeto é bem claro em seus objetivos: não é área de camping e sim de preservação, contemplação e bem-estar, e educação ambiental.

Por que no bairro Esperança?

O bairro foi escolhido por haver diversos fatores que conjugam na criação de um local de exploração ecológica e de lazer à comunidade, tais como:

  • conjunto de imóveis integrados de propriedade do próprio Município, com área aproximada de 3,62 ha. Junto a essa área, há uma outra, de propriedade particular, que, se integrada ao Parque, aumentará a dimensão em 0,5 ha, totalizando 4,12 ha. A referida área particular é de Paulo Bonfanti, empreendedor que loteou a área urbana (Loteamento Buona Vitta). Como o Município também possui outra área (menor em dimensões) no bairro, a ideia é fazer uma permuta com o empreendedor e já projetar o Parque com a área aumentada;
  • possibilidade de ampliação futura, conforme a implementação de outros loteamentos no entorno, integrando as áreas verdes ao Parque;
  • vegetação é expressiva;
  • existência de nascentes e curso d´água (Arroio Ciprandi), cascatas, dois lagos (açudes);
  • e ainda a possibilidade de criação de mais um lago.

Quais as propostas de atividades que o Parque Araucária poderá ter?

Devido à natureza existente (fauna e flora) e geografia serem favoráveis ao empreendimento, o Parque edificará estruturas compatíveis e adequadas ao que cada atração necessita: equipamentos de recreação e lazer, decks, mirantes, exploração de trilhas existentes dentro da mata, além de sanitários, playgrounds, academia ao ar livre, obras de arte e de contemplação. As propostas são muitas e poderão estar integradas ao Parque a denominação de locais em referência à flora, fauna e à cultura italiana:

  • Praça Buona Vita;
  • Mirante Bello da Vedere (tradução: “Lindo de se ver”);
  • Bosque dos Quatis;
  • Lago do Mirante;
  • Lago Mirim;
  • Caminho do Ouriço;
  • Jardim dos Lagos;
  • Arroio Ciprandi;
  • Cascata das Hortênsias;
  • Cascata do Martim-Pescador;
  • Ecotrilha do Urutau;
  • Jardim Canto do Sabiá;
  • Bosque do Quatimirim;
  • Jardim das Guajuviras;
  • Campo do Graxaim;
  • Lago dos Ipês (lago proposto em área de “banhado”);
  • Mato do Jacu.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Gerais

“Ficamos sempre bem, não sentimos nada.”, relato do ibirubense infectado pela Covid-19 alerta casos assintomáticos

Postado

em

Ibirubá já registra 12 casos positivos de coronavírus, três casos foram de pessoas de uma mesma família, o pai a mãe e filho. No final do mês de abril, eles viajaram a Saldanha Marinho, para comemorar o aniversário do filho, o município que já soma 31 casos da doença. Três dias depois eles souberam que umas das pessoas que tiveram contato, havia testado positivo. Após isso, a família foi ao posto de saúde e realizou os exames, a coleta foi encaminhada ao Lacen e no domingo os casos foram notificados. 

O caso da família chama atenção, pois eles fazem parte do grupo dos chamados ‘Assintomáticos’, aqueles indivíduos que são infectados pelo vírus, mas que não apresentam nenhum tipo de sintoma. Segundo o Márcio Leite, foi difícil assimilar o que estava acontecendo, justamente pelo fato de não haver sintomas fortes “Fomos infectados por esse vírus, não procuramos ele, é algo que nos infectamos mas não fomos nós que procuramos. Apesar de não ter sintomas passamos por dias difíceis”, falou Márcio. A família não apresentou febre, não precisou tomar remédios e nem ser hospitalizados. No entanto, o principal problema dos assintomáticos, é o risco de transmissão. Conforme evidenciou Marcio, a família ficou em isolamento domiciliar e já são considerados curados. 

Continue Lendo

Notícias Gerais

A hidroponia como forma de empreender

Postado

em

Ibirubense encontrou nas verduras uma fonte de renda 

Verdinhas, uniformes e suculentas, as verduras hidropônicas estão na mesa dos brasileiros, um empreendimento importante que movimenta economias locais e a produção agrícola familiar. Ibirubá conta com a SG Verduras Hidropônicas, que vem proporcionando uma facilidade a população. A paixão pelo empreendimento e uma pitada de tecnologia vem sendo o diferencial do negócio, o proprietário Eduardo Graminho, conta que a SG surgiu através de uma ideia de levar a horta para mais pessoas, não só para o consumo próprio. Com o auxílio de profissionais de engenharia, Eduardo conseguiu tirar do papel, e hoje possui um espaço de 24×7 “Minha irmã sempre comentava, de montar uma horta, não só para o consumo próprio, mas para o comércio também. Com o pensamento um pouco mais avançado, pensamos em um meio sustentável para esse fim. O projeto montado pela engenharia responsável me motivou bastante para tirar do papel, pela oportunidade de ter o próprio negócio, além de ser um estímulo era um desafio”, contou Eduardo a redação do Jornal O Alto Jacuí. 

Há pouco mais de um ano de funcionamento, os produtos da SG vem chegando aos ibirubenses de uma forma prática e com qualidade. A entrega é realizado a domicílio aos clientes e Eduardo destaca que é um dos diferenciais do negócio. O sistema hidropônico trabalha com a constante adubação das raízes, como explica o empreendedor, essa adubação fornece nutrientes necessários para a qualidade do produto. Com um sistema ergonomicamente montado, a hidroponia é uma forma compensada de trabalhar, pois o produtor consegue realizar a colheita e adubação em uma postura reta, sem precisar se abaixar como em uma horta convencional, “Além do plantio, e colheita, existe o processo entre esses dois, que é a limpeza das canaletas onde é alojado as verduras, e em certos períodos o reservatório de adubo, para prevenir qualquer patógeno que possa entrar no sistema”, explica Eduardo, que também conta com o sistema de proteção de tela, que impede a entrada de insetos e minimiza os efeitos de chuvas o sol forte. 

Atualmente apenas Eduardo é o responsável pelos processos da SG, no entanto, o empreendimento caminha para o rumo de ampliações e novas ideias, como a produção de morangos. O cultivo de uma variedade grande de alface, o agrião da água vem abrindo as portas para o cultivo de salsa, cebolinha e rúcula. Nem a Pandemia causada pelo Coronavírus foi motivo de desanimar os negócios, conforme explicou o proprietário, a procura aumentou mais, devido a entrega a domicílio gratuita “A entrega a domicílio aumentou muito, por questão de a população manter se em casa nessa situação. O uso de máscara e álcool gel é constante, para que não corra nenhum risco de contaminação”, destacou. 

O avanço da tecnologia e a adequação das pessoas em uma alimentação mais saudável é uma das prospecções para o futuro, para Eduardo cada vez mais as pessoas estão se alertando sobre a importância de uma alimentação saudável, que inclui as verduras. Uma das bases da hidroponia é a inovação, por isso a evolução em quesito tecnologia de cultivo deve ser sempre levado em conta “O sistema hidropônico já tem vários métodos mais avançados, então para produzir um produto com maior qualidade manter se atualizado, será cada vez mais essencial”, ressaltou. A SG Verduras Hidropônicas está localizada na Várzea, em Ibirubá. 


Continue Lendo

Notícias Gerais

Armazém Tio Ninin é alvo de furto

Postado

em

A loja de artigos gaúchos Tio Ninin, na Rua do Comércio, centro de Ibirubá, foi alvo de furto na madrugada de sábado (23). Após quebrar o vidro com uma pedra, o local foi acessado. O sistema de monitoramento acusou a invasão, evitando um prejuízo ainda maior. Mesmo assim a gerente deu falta de bombachas, alpargatas, blusas, botas e outros artigos menores. Na manhã de segunda-feira (25), agentes da Delegacia de Polícia de Ibirubá, prenderam em flagrante um homem de 38 anos, suspeito de realizar o assalto, ele também é suspeito de cometer outros furtos nos últimos dias em Ibirubá, foi preso em flagrante e conduzido ao Presídio Estadual de Espumoso.

Continue Lendo

Notícias Gerais

Aulas presenciais estão previstas para retornar em julho

Postado

em

Governo gaúcho apresentou novo calendário escolar 

Depois de quase três meses de incertezas, o governo do estado tomou novas posições quanto a retoma da educação escolar, que precisaram ser suspensas devido a Pandemia do Coronavírus. Nesta quarta-feira (27), um novo calendário letivo foi apresentado, a previsão é que as aulas das redes pública e privada devem reiniciar a partir do dia 1º de junho, o modelo de Ensino a Distância. Já o retorno presencial, só estava previsto para julho. 

Foram apresentadas cinco etapas de retorno, a primeiro com o ensino remoto, que será feita a partir da plataforma Google Classroom, a ideia é que a ‘escola adigital’, chegue a 37 mil turmas virtuais. Conforme destacou o governador Eduardo Leite, para que essa etapa ocorre com eficácia, foi feito um investimento na qualificação do sinal de internet e equipamento tecnológicos, para atender cerca de 2,75 milhões de estudantes em todo o estado “Existem realidade diversas e não podemos deixar ninguém para trás. A ferramenta é um modelo híbrido. Vamos ter que identificar caso a casos para garantir que cheguem a esses conteúdos”, explicou o governador ao falar de um dos principais problemas enfrentados pelos alunos, a desigualdade com o acesso a internet e equipamentos. 

A segunda etapa do retorno as aulas devem iniciar no dia 15 de junho, onde será permitido a volta do ensino superior, pós-graduação, ensino técnico e cursos livres. No entanto, a volta presencial só será permitido para aqueles que necessitam de atividades essenciais. As duas primeiras etapas do retorno são as mais concretas, conforme explicou Eduardo Leite, as três próximas que estão por vir, dependem da análise da propagação do coronavírus pelo estado. A prioridade do retorno presencial será na Educação Infantil, que prevê o retorno de 458 mil crianças as escolas. O estado já soma mais de 70 dias sem aulas presenciais, desde que foram suspensas, no dia 19 de março.

Continue Lendo

Notícias Gerais

Bingo online é aderido durante o Distanciamento Social em Santa Bárbara do Sul

Postado

em

Diante do atual momento de enfrentamento ao Coronavírus, com pessoas vivendo em distanciamento social e cuidados importantes durante a Pandemia, um grupo optou por converter o lazer do bingo presencial ao formato on-line. A idealizadora do Bingo On-line em Santa Bárbara do Sul, Sandra Fuchina, destacou que a ideia surgiu no município de Colorado, o convite chegou até algumas mulheres que participaram e aprovaram a iniciativa. A partir disso, Sandra organizou um bingo através de um grupo no whatsapp, contando com a participação de cerca de 45 pessoas, as cartelas são distribuídas as interessadas, já as orientações e realização do bingo são totalmente on-line. “O principal objetivo é o lazer, diversão e descontração já que era o que costumávamos fazer nos sábados à tarde.” – Destacou Sandra. Após a primeira partida ser realizada no dia 16 de maio, às  participantes viram que não era difícil e optaram por continuar realizando os bingos online nos sábados à tarde. “Estamos felizes por poder continuar nosso lazer sem sair de casa e no conforto de nosso sofá!”, disse a idealizadora;

Continue Lendo

Notícias Gerais

Casos de abigeato são registrados em Fortaleza dos Valos e Ibirubá

Postado

em

Os últimos dias foram de preocupação e alerta aos produtores rurais. Em apenas um final de semana, dois casos de abigeato foram registrados, um em Fortaleza dos Valos e outro em Ibirubá. No sábado (24), na comunidade de Rincão dos Valos, no interior de Fortaleza dos Valos, uma vaca pertencente a família Batu, foi morta, possivelmente para o roube de carne. O animal foi abandonado pelos invasores no meio da lavoura, a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato, estão investigando o caso. 

O segundo registro foi em Ibirubá, na chácara da Linha Pulador Sul, entre o antigo lixão e o Rio Pulador. No domingo (24), restos de um novilho de aproximadamente 100kg, foi encontrado pendurado em um cabo de luz, onde teria sido carneado. Conforme relato do proprietário, havia cerca de 15 animais em um potreiro, e que a ação foi rápida, pois o couro do animal não havia sido retirado. Para o proprietário não há possibilidade do caso ser relacionado com o aso em Fortaleza dos Valos. “Provavelmente que roubou veio para pegar os animais maiores, mas como eles não estavam no local, pegaram os pequenos. Esses pequenos são vacinados, não deve ser consumido por humanos”, falou em entrevista a Rádio Cidade o proprietário Alberi. 

Continue Lendo

Notícias Gerais

Ciclovia prestes a ser concluída

Postado

em

Bicicleteiros terão um novo espaço para transitar em Fortaleza dos Valos 

A nova ciclovia de Fortaleza dos Valos está prestes a ser concluída, a pista com tachões e com a pintura do asfalto já pode ser vista pelos moradores, que terão um novo espaço para passear de bicicleta. Nesta semana a Prefeita Marcia Rossatto visitou as obras.

Continue Lendo

Notícias Gerais

Colisão com capotamento na ERS-223

Postado

em

No início da noite de terça-feira (26), um acidente tipo colisão transversal foi registrado na rodovia entre Ibirubá e Cruz Alta, em frente ao Posto Santa Lucia. Um Fiat Uno oriundo de Novo Hamburgo/RS acessou a ERS-223 e foi atingido na lateral direita por um Chevrolet Spin, da Secretaria de Saúde do município de Teutônia/RS, que trafegava sentido Ibirubá – Cruz Alta. Com o impacto o veículo Spin capotou. Apesar da violência do acidente não houve feridos graves.

Continue Lendo

Notícias Gerais

Combater a dengue mesmo que seja a distância

Postado

em

Professores de Fortaleza dos Valos auxiliam alunos na conscientização da doença 

As aulas estão paradas em todas as redes de ensino, no entanto, os aprendizados não param. Mesmo em quarentena a Escola Municipal de Ensino Fundamental, 18 de Abril, em Fortaleza dos Valos, vem realizando atividades de conscientização dos alunos sobre a dengue, que também é um problema preocupante a comunidade. 

Os professores que trabalham com projetos de cidadania e com o projeto Conta pra Mim, desenvolveram atividades a fim que as crianças desenvolvessem novos hábitos e se alertasse sobre o problema. Leitura de folders informativos, criação de jogos, cartazes, fantoches e limpeza dos pátios de suas casas, foram propostos aos alunos.  Em todo o estado do Rio Grande do Sul as crianças estão sem aulas presencias e o auxílio dos professores que vem mantendo ativo a criatividade das crianças.

Continue Lendo

Notícias Gerais

Dano em pilar deve restringir tráfego de veículos pesados na ponte do aterro entre Quinze de Novembro e Santa Clara do Ingaí

Postado

em

Um dano em um pilar na ponte do aterro, entre Quinze de Novembro e Santa Clara do Ingaí, irá restringir por tempo ainda indeterminado, o tráfego de veículos com mais de 18 toneladas. Após saber do ocorrido, o prefeito Gustavo Stolte solicitou o apoio do Daer, que foi ao local verificar a situação, “Teremos que fazer algumas obras, quem ficará responsável por essas obras será o Daer, que tem uma previsão de demora de 3 a 4 semanas”. A Polícia Rodoviária irá fazer a fiscalização do local. 

Continue Lendo

Veja Isso