Clube Desbravadores Sementes da Pitangueira espera pelo retorno das atividades presenciais

O Clube Desbravadores Sementes da Pitangueira em Ibirubá, vem construindo história e formando jovens através de atividades físicas, ensinamentos e rotinas que envolvem o ensino teórico e prático. No Brasil existem mais de 240 mil clubes espalhados pelos municípios, e estão em  160 países, em Ibirubá atualmente são 30 desbravadores, com idade entre 10 a 15 anos, além da diretoria do clube. 

Departamento da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o clube trabalha com a educação cultural, social e religiosa das crianças e adolescentes. Construído em torno de atividades físicas, ao ar livre e hobby’s. Segundo o manual do clube de desbravadores, o foco nisso explica-se porque os jovens entre 10 e 15 anos de idade estão num estágio de crescimento e desenvolvimento físico muito rápido. Segundo a filosofia do clube, atividades que envolvam contato com a natureza, ação, aventura, desafio e atividades em grupo, oferecem oportunidades para o desenvolvimento de novas atitudes e habilidades que produzem o crescimento pessoal, de equipe e espírito de comunidade, além do amor pela criação, que ainda de acordo com a filosofia do programa, fazem parte do tripé da cidadania e lealdade que prega o respeito para com Deus, à pátria, e ao próximo. 

Responsável pelo clube em Ibirubá, Jorge Gonçalves Ferreira, fala com orgulho da história que os membros vêm construindo e que hoje são admirados por onde passam. No final de 2019, foi realizado o último acampamento do clube, que precisou trabalhar com as atividades de forma remota devido a Pandemia da Covid-19. Neste ano de 2021, as atividades, que seguem o calendário escolar, irão retornar obedecendo as normas de segurança “Estamos organizando nosso calendário para apresentar aos pais e também convidando quem tiver interesse em participar, em se inscrever e fazer parte do nosso clube”, destacou Jorge. Tendo em vista que a entidade é sem fins lucrativos, os pais só possuem o gasto com o uniforme que é adquirido ao longo do tempo e com os acampamentos e viagens que são organizadas a longo prazo. 

Reconhecidos pelo lenço amarelo e camiseta azul, segundo Jorge, a simbologia representa cada fase que o desbravador se encontra. O lenço amarelo é símbolo do ouro, da excelência e pureza. Quem realiza as atividades recebe fixado no lenço um broche, que representa a evolução e as qualidades daquele desbravador. Entre as atividades realizadas estão o trabalho em grupos, a exploração sem danificação da natureza, o acendimento de fogueiras, a montagem de barracas entre outras.

Autor: Rádio Cidade Ibirubá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *